Criador do RSS e Reddit era aliado e fonte do WikiLeaks

(Fonte da imagem: Reprodução/Mashable)
No dia 11 de janeiro foi encontrado morto em Nova York Aaron Swartz, criador do site Reddit, do sistema RSS e ativista contra o SOPA. Aos 26 anos, Swartz, que atuava profissionalmente desde os 14 anos, teria cometido suicídio, mas as causas e as razões que levaram à sua morte ainda estão sob investigação.
Por conta do interesse nos envolvimentos ativistas de Swartz, e visando auxiliar a polícia nas investigações, o perfil do WikiLeaks no Twitter se manifestou neste sábado (19), informando que o criador do RSS esteve em contato com Julian Assange entre 2010 e 2011, tendo se tornado posteriormente uma possível fonte do site.
Embora não tenha se comprometido em identificar o que exatamente Swartz informou ao site, a mensagem divulgada pelo WikiLeaks pode significar a “quebra” de anonimato prometida pela publicação, uma vez que o site de Assange garante a privacidade dos envolvidos, ainda que esses não estejam mais vivos.
Graças ao seu envolvimento com ativismo político – e agora também como possível fonte do WikiLeaks – crescem as especulações na internet de que o seu suicídio, ainda não esclarecido, pode esconder outros mistérios. Mais novidades sobre o assunto devem surgir nos próximos dias, à medida que as investigações avancem.
 

Comentários

Postagens mais visitadas