ESPN retira conteúdo do YouTube após lançamento do YouTube Red

Da Reuters
YouTube Red é versão paga e sem anúncios do YouTube (Foto: Reprodução/YouTube)
YouTube Red é versão paga e sem anúncios do YouTube (Foto: Reprodução/YouTube)
A ESPN, rede esportiva controlada pela Walt Disney, disse que não deixará mais seu conteúdo disponível no YouTube, por causa do lançamento do serviço por assinatura YouTube Red, que é livre de anúncios publicitários.
O YouTube, propriedade da Alphabet, confirmou nesta quarta-feira (21) que lançará o YouTube Red nos Estados Unidos em 28 de outubro. O serviço não exibirá anúncios e vai permitir baixar vídeos no celular/tablet para vê-los offline, além de ter um recurso de reprodução enquanto você usa outro aplicativo. Tudo isso, porém, tem o custo de uma assinatura mensal de US$ 10.
"A ESPN não faz parte atualmente do serviço Red. Conteúdo disponível anteriormente no serviço gratuito do YouTube ficará disponível nas propriedades digitais da ESPN", disse a rede esportiva em comunicado.

De acordo com o site "Mashable", 11 dos 13 canais que a ESPN tinha no YouTube já desapareceram.
Ainda segundo o "Mashable", uma fonte anônima teria afirmado que vídeos de esportes, semelhantes ao conteúdo que a ESPN postava no YouTube, costumam envolver direitos autorais de terceiros, que são afetados no momento em que se cobra pela sua distribuição.
Um porta-voz do YouTube afirmou que a Disney assinou o contrato para o YouTube Red, mas que a ESPN não faz parte do acordo devido a questões legais.

Reuters 
 

Comentários

Postagens mais visitadas